Efraim recebe homenagem da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços




Nesta terça-feira (8), durante um almoço que contou com as principais entidades que fazem parte da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS), em Brasília, o senador eleito, Efraim Filho (União), foi homenageado por seu trabalho como presidente da Frente Parlamentar de Comércio, Serviços e Empreendedorismo (FCS), uma das entidades que compõe a UNECS. 


Durante a abertura do evento, o presidente da UNECS e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), José César da Costa, saudou os agraciados, que receberam uma placa comemorativa, e destacou a contribuição dos deputados e senadores para importantes vitórias do setor. “A parceria entre a UNECS e a FCS contribui para o desenvolvimento social e econômico do país, ao defender a geração de empregos, o aumento da produtividade e a redução da insegurança jurídica”, afirmou.


O presidente da FCS, Efraim Filho, agradeceu a homenagem e reforçou seu compromisso com o setor. "Tivemos um ano de 2022 repleto de desafios que vieram acompanhados de muitas conquistas importantes no plano legislativo e político. Conseguimos uma alta taxa de renovação dos mandatos dos nossos membros e isso é muito bom. Mostra que a FCS conseguiu gerar uma agenda positiva nos Estados", comentou.


Estiveram no evento os presidentes da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Leonardo Miguel Severini, da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Galassi, da Associação Brasileira de Tecnologia para o Comércio e Serviços (AFRAC), Paulo Eduardo Guimarães.


Também marcaram presença o presidente do Conselho Consultivo da Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB), George Teixeira, o vice-presidente da Federação da CDL na Paraíba, Robério Arnaud, deputados e senadores.


*Instituto UNECS*

Representando mais de 73% do PIB brasileiro, a UNECS reconhece a cada um dos integrantes o esforço em conjunto para superar a crise, principalmente durante a pandemia. Juntas, as entidades são responsáveis por 65% das operações de crédito e débito e pela geração de nove milhões de empregos diretos. Por meio de suas empresas, o setor de Comércio e Serviços se relaciona com cerca de 190 milhões de cidadãos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.