“Como senador, nenhum voto meu será a favor do aumento de impostos”, diz Efraim

 


Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o senador eleito ressalta as ações para o seu novo pleito

A semana começou com entrevista para o senador eleito, Efraim Filho (União Brasil), para a Rádio Bandeirantes. Nesta manhã de segunda-feira (10), o parlamentar respondeu questionamentos sobre pautas diversas como o segundo turno para o governo do Estado e federal, o cenário político no nordeste, as ações do senador para a nova legislatura e possíveis movimentações partidárias para o próximo ano.


Tendo em vista a polarização que já acontecia às vésperas do primeiro turno, para a nova campanha de governo de seu candidato de chapa, Pedro Cunha Lima (PSDB), no qual Efraim segue articulando, o senador acredita que vale mais neste momento falar em esperança. "A prestação de contas do que foi feito ficou para o primeiro turno. Agora é hora de mostrar as ações para o futuro, o que traremos de melhorias para a população", diz.


Sobre as movimentações dos partidos para 2023 e uma possível nova fusão do União Brasil, Efraim foi enfático: "Não estamos considerando fusões. Para agora falamos de federações com foco em ações legislativas. Preservamos os partidos, mas trabalharemos em blocos a fim de fazer a diferença em escolhas de relatorias, comissões e até a presidência da Câmara e do Senado".


O senador finalizou a entrevista agradecendo mais uma vez os votos dos paraibanos que o elegeram para o Senado Federal e firmou seu compromisso com o Estado: "Como deputado tive a chance de trabalhar pelo desenvolvimento da Paraíba, levando melhorias significativas para as pessoas. Como senador, nenhum voto meu será a favor do aumento de impostos. Retribuirei fazendo ainda mais por quem mais emprega e com ações que farão a diferença".

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.