Ads Top

Fernando de Noronha sedia o Marands Surf Festival


Depois de receber a etapa do mundial de surf, em fevereiro, o arquipélago de Fernando de Noronha será palco do Marands Surf Festival, com duas competições distintas: o Circuito Noronhense, só com atletas da ilha, e a primeira etapa do Circuito Pernambucano de Surf, aberto para surfistas de todo o país. Vão ser dois mil pontos distribuídos no ranking das categorias. O evento será realizado na Cacimba do Padre, entre os dias 19 e 22 de março.

Pelo segundo ano seguido o Marands Surf acontece na ilha. Guilherme Rocha, administrador de Noronha, destaca que a Administração Distrital sempre demonstrou interesse em apoiar o evento, tão importante para o arquipélago e para o surf pernambucano. “Receber o festival de surf é muito interessante para Noronha. Existem muitos surfistas na ilha. Isso possibilita que os atletas locais possam disputar competições e praticar o esporte que eles tanto gostam. Também é um incentivo para os jovens que têm vontade de aprender a surfar. É muito bom para os participantes e para o arquipélago, porque movimenta a economia da ilha”, diz o administrador.

Para a organização do evento, surfar as ondas de Noronha só se compara ao prazer de estar em um lugar lindo, considerado um dos melhores cartões-postais do Brasil. A escolha do arquipélago para abrir o Circuito Pernambucano de Surf foi justamente por ser um destino turístico desejado por surfistas de vários lugares do Brasil.

“Abrimos a competição em Noronha porque é um benefício tanto para os atletas de fora, que têm a chance de conhecer e disputar uma competição no Havaí brasileiro, já que muitos nunca foram, e também uma grande oportunidade para o atleta da ilha. Os vencedores têm a possibilidade de participar de outros eventos, com a pontuação no ranking”, comenta Geraldo Cavalcanti, diretor Executivo da Federação Pernambucana de Surf.

As disputas se dividem entre o Circuito Noronhense, quinta e sexta-feira, só com atletas da ilha, e o Circuito Pernambucano, sábado e domingo, aberto para competidores de todo o país.

O limite máximo de inscrições é de 128 surfistas englobando todas as categorias das duas competições. As disputas acontecem entre 8h e 17h. A etapa noronhense do Pernambucano de Surf é a primeira, de um total de quatro, que serão realizadas em outros lugares do Estado.

As inscrições estão abertas e custam R$ 200 reais para o Profissional e R$ 100 para as demais categorias. A novidade deste ano é a volta da categoria Open (aberto para qualquer idade). As outras são: Master (acima de 35 anos), Gran Master (acima de 40 anos), Kahuna (acima de 45 anos), Gran Kahuna (acima de 50 anos), PRO/AM (para profissionais e amadores), Sub 14, Sub 16, Sub 18, Feminino e Profissional.

A premiação será em pranchas Realce Nordeste, blocos Teccel, kits Marands/Sandálias Blue, troféus e medalhas. Além de premiação em dinheiro para os profissionais.

O Marands Surf Festival é uma realização da Associação Pernambucana de Surf em conjunto com a Federação de Surf de Fernando de Noronha, com patrocínio da Marands Surf e apoio da Administração da Ilha.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.