Prefeito nega que escritório citado na Operação Calvário tenha atuado durante sua gestão na Prata


O prefeito do município de Prata, Júnior Nóbrega, negou veementemente tenha celebrado qualquer tipo de contrato com escritório de advocacia alvo de denúncia do Ministério Público, na Operação Calvário, durante sua gestão à frente do município de Prata, conforme foi noticiado nesta quinta-feira (05), em alguns sites e blogs.
De acordo com o prefeito, o escritório Bernardo Vidal Advogados nunca teve qualquer tipo de serviço prestado desde o início de sua gestão. “Isso é mentira o que estão divulgando por aí. Se teve algum serviço prestado em nosso município por este escritório foi durante outras gestões, não na minha”, comentou.
Nesta quinta foi deflagrada pelo GAECO mais uma fase da Operação Calvário, onde teria sido constatada a atuação de um escritório de advocacia acusado de provocar prejuízo ao erário, em algumas cidades do Cariri paraibano, dentre elas o de Prata, fato este negado pelo prefeito.
Assessoria

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.