Ads Top

Operação que investiga fraude em concursos públicos prende pai e filha


A Polícia Civil prendeu pai de um servidor público da Universidade Federal da Paraíba UFPB) e sua filha, que foi detida por falsidade ideológica. Em nova fase, a Operação Gabarito cumpriu na manhã desta terça-feira (30), em João Pessoa, outros 15 mandatos de busca e apreensão.

Segundo a Polícia, o mandado era para o servido público, porém ao chegar na casa de seu pai foi encontrado um arma de fogo, que resultou em sua prisão por porte ilegal de arma. “A sua filha foi presa por ter se apresentado como advogada, porém quando pedimos a OAB ela afirmou que só era bacharel em Direito, ocasionando sua prisão falsidade ideológica”, relatou a delegada Vanderleia Gadi.

A Operação já aponta que em média 70 concursos, nas regiões Sudeste, Norte e Nordeste foram fraudados pela quadrilha que era comandada por paraibanos. Os suspeitos e todo material apreendido, como documento e equipamentos usados nas fraudes, foram levados para Central da Polícia Civil da Capital.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.