Bandidos trocam tiros com a polícia, mas acabam presos próximo ao Congo

Dois policiais foram vítimas de tentativa de homicídio na noite deste domingo (16), entre os municípios de Sumé e Congo. O fato se deu por volta das 23h50, quando a Polícia Militar de Sumé recebeu uma ligação dando conta de que um homem estaria em atitude suspeita no trevo que dá acesso à cidade do Congo.

A viatura comandada pelos soldados Gilneto e Dasayeve foram até o local e abordaram o indivíduo suspeito. Ele disse que estava esperando um amigo, que havia se dirigido até uma borracharia concertar o pneu de uma moto. Quando os policiais já iam embora, o suposto amigo chegou e ao ver a viatura policial já empreendeu fuga.

Os policiais fizeram perseguição ao acusado, que fugiu em direção ao município do Congo. Ele entrou na estrada que dá acesso ao Sítio Riacho Fundo, zona rural de Sumé, e logo disparou alguns tiros a viatura da polícia. Os policiais precisaram se defender e até tiveram que revidar os disparos e um deles atingiu a perna do criminoso.

Mesmo baleado, o bandido ainda tentou fugir a pé, mas ao pular uma cerca tropeçou e foi imobilizado pela polícia. A guarnição do sargento Henrique foi ajuda-los e encontrou em poder do suspeito um revólver calibre 32, duas munições “pinadas” do mesmo calibre, e 6 de calibre 38, todas intactas.

O bandido foi socorrido para o Hospital Alice Almeida e foi em seguida liberado. Ele e o comparsa foram levados à delegacia e confessaram que haviam furtado a moto em que estavam, uma Honda CG 150, de cor preta e placa KKL 7222-PE.

Klebson Wanderley

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.