Preço do gás de cozinha aumenta até 12% em toda a Paraíba

O gás de cozinha está 12% mais caro a partir desta segunda-feira (1) para consumidores da Paraíba. Na prática, isso significa dizer que, um botijão de gás de 13 kg, antes comercializado pela média de R$ 40, passará a custar R$ 45 nos postos autorizados de revenda. A alta anunciada pelas distribuidoras também deixa o produto mais caro em todo o país.

A justificativa apresentada pelas distribuidoras para o reajuste é que a finalidade é cobrir os custos operacionais das empresas, o impacto da inflação acumulada nos últimos 12 meses e as despesas com folha de pagamento dos funcionários, em função do dissídio coletivo da categoria.

O presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba (Sinregás-PB), Marcos Antônio Bezerra, explicou que, apesar do aumento, o valor do gás de cozinha vendido na Paraíba continua sendo o menor do Brasil. Segundo ele, os revendedores vêm absorvendo parte dos custos para evitar o repasse de um reajuste maior para o consumidor final. O último aumento foi de 9,7% em setembro de 2013.

”Como revendedores, torcemos para que a Petrobras consiga manter a estabilidade dos preços nos próximos meses. Mas, sabemos que tudo depende de vários aspectos ligados à questão da economia do país”, afirmou Marcos Antônio. A orientação do sindicato é que o cidadão exija, no momento da compra, o cupom fiscal, que vai dar garantia do produto. Na Paraíba existem cerca de 1,2 mil postos de revenda legalizados, sendo 300 deles em João Pessoa.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.