Caririzeiro poderia estar no voo que matou Eduardo Campos


Esta manhã (14), o ex-secretário de Comunicação de Eduardo Campos, em Pernambuco, e candidato a deputado federal na Paraíba, caririzeiro Evaldo Costa, reafirmou sua admiração pelo amigo e lamentou a perda, segundo ele, de uma alternativa real de mudança e avanço para o país.

“Eu me sinto como todo brasileiro, muito entristecido. Estou tentando, ainda, assimilar uma perda muito dolorosa”.

Evaldo Costa destacou que se encerra um ciclo do que seria um processo de redemocratização e redução da desigualdade social no país.

Ele lembrou que Campos implantou no Estado de Pernambuco o modelo de ensino em tempo integral nas escolas e que poucas unidades no Brasil adotaram este modelo. “É um exemplo do mundo desenvolvido. Ele fez isso em Pernambuco e estava determinado a ampliar essa ideia a todas as escolas do Brasil”.

Um fato curioso é que Evaldo Costa poderia estar na aeronave que vitimou o presidenciável e outras seis pessoas, em Santos. Ele inscreveu-se para disputar as eleições deste ano para deputado federal na Paraíba, o que o levou a deixar a assessoria direta de Eduardo Campos.

Evaldo era um dos assessores mais próximos de Campos e certamente estaria entre as vítimas, caso não estivesse disputando a eleição. O jornalista Carlos Percol, o substituiu na função e também morreu no acidente.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.