Petista da PB não entra em sintonia com determinação de Dilma e dispara: “Não vamos ficar a reboque do PMDB”


No retorno dos trabalhos legislativos da Assembleia Legislativa da Paraíba, nesta terça-feira (11), o deputado estadual Anísio Maia, do PT da Paraíba, voltou afiado e disse que não irá apoiar a determinação da presidente Dilma Rousseff, que anunciou a manutenção da aliança com o PMDB em seis estados, entre eles a Paraíba.

Desafinado com a cúpula nacional, o petista da Paraíba disse que a negociação da presidente Dilma diz respeito ao cenário nacional. “Na Paraíba não tem porque negociar, aqui nós precisamos de uma mudança que traduza o que os paraibanos esperam”, disse.

O parlamentar ainda reclamou da ausência de debates e de programas de governo que pesem na escolha dos candidatos. “Aqui não vemos ninguém debatendo se alguém é melhor porque defende isso ou aquilo, o que vemos é o eu quero ser e pronto”, desabafou.

Anísio disse ainda que ele defende uma candidatura nova, e não a repetição de velhas candidaturas: “Não vamos ficar a reboque do PMDB”, avisou.

O parlamentar ainda considerou o nome da ex-deputada Nadja Palitot como o melhor na disputa, já que, segundo ele, ela representa uma mudança real no Estado.


Márcia Dias

PB Agora

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.