Filho descarta pai na vaga de vice de RC

O deputado federal Wilson Filho (PTB), rechaçou, com veemência, durante entrevista nesta sexta-feira (07), os boatos de que seu pai, o ex-senador Wilson Santiago - presidente estadual do PTB - estaria pleiteando a vaga de vice na chapa do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) para disputar as eleições estaduais de outubro.

De acordo com o parlamentar, a postulação a vice não entra sequer na pauta do PTB paraibano: “Essa conversa sobre postular ou pleitear a vice nunca existiu, até porque Wilson Santiago nunca colocou seu nome para candidatura de vice”, avisou.

O parlamentar lembrou o espólio eleitoral do pai, que se tornou Senador da República em 2010 com mais de 820 mil votos. “Ele não emplacou a senatoria com 0,03% dos votos, foram 850 mil para o segundo colocado, que foi Vitalzinho e mais de 820 mil votos de pessoas que acreditavam que Santiago era o melhor para a Paraíba”, lembrou.

Diante dos números, o deputado ressalta que a base de Wilson Santiago é forte e ele, como um político, soldado do povo, não poderia virar as costas para os que acreditam nele.

“Temos uma base muito grande de gestores municipais, de perfeitos e de todos os outros militantes que defendem o nome de Wilson Santiago para o Senado Federal e, seria apenas dessa forma que Wilson novamente poderia ajudar os municípios da Paraíba com obras e recursos federais”, explicou.

Apesar da recusa na vaga de vice, na chapa de Ricardo Coutinho, o deputado federal Wilson Filho destacou ainda que o PTB nunca se colocou no campo das oposições e revelou que até o próximo dia 15 de março o partido deverá bater o martelo sobre de que lado ficará.

“Várias alas do partido defendem vários candidatos. Dos 58 prefeitos que o PMDB tem, por exemplo, 34 deles votam comigo e também em Veneziano, como também apoiam outros candidatos ao Governo”, finalizou.

Atualmente na chapa do governador Ricardo Coutinho, o vice-governador Rômulo Gouveia é quem ocupa a preferencia para disputar o Senado Federal, restando para os demais partidos a vaga de vice. Já na chapa do peemedebista Veneziano Vital do Rêgo, a expectativa é que a vice seja ocupada por um membro do PT, com a vaga do Senado ainda em aberto.

No que diz respeito as vagas na chapa do PSDB, encabeçada por Cássio Cunha Lima, a vice é cotada para o PEN, através do nome do ex-prefeito Luciano Agra e a vaga para o Senado possivelmente recairá sobre Cícero Lucena (PSDB), no entanto, este já informou que não será empecilho para a formação da chapa e que a prioridade é a candidatura própria do PSDB nas eleições deste ano.

Márcia Dias/ Henrique Lima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.