ATO PUBLICO EM PROL DO PAA - LEITE CABRA E VACA

Ontem dia 16 de janeiro aconteceu uma manifestação na BR 232 na cidade de PESQUEIRA – PE em prol do PAA – LEITE CABRA E VACA.

A Diocese de Pesqueira –PE e o Centro Diocesano de Apoio ao Pequeno Produtor – CEDAP, juntamente com as ONG’s, Cooperativas e Associações  de pequenos produtores rurais da agricultura familiar quem compõem CADEIA PRODUTIVA DA CAPRINOVINOCULTURA E BOVINOCULTURA DA PARAÍBA E PERNAMBUCO, promoveram um ato publico, e os principais objetivos  foram:

1. Apresentar proposta de Mudança no Programa de Aquisição de Alimentos –PAA-LEITE (cabra –vaca)através do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate á Fome – MDS do Governo Federal.

2. O referido programa encontra-se amplamente desabastecido e ameaçado em obediência á Resolução nº16 –PAA Leite, que impõem um limite financeiro , hoje representado por R$ 4.000,00(quatro mil reais)produtor /semestre.

3. A proposta atual equivale a 13 litros de leite/cabra dia e 19 litros de leite vaca/dia.
Esta perversa resolução desconsidera todos os investimentos e endividamentos que estes produtores tiveram para atender as exigências do programa.

4. Muitos produtores já deixaram o programa , na medida em que isso vai acontecendo , milhares de crianças , gestantes, nutrizes e idosos estão ficando sem o leite, que é alimento importante em suas dietas alimentares em uma região semiárida que atravessa uma das piores secas.

OS produtores de Prata, junto com a diretoria da ACOOP  e o secretario de agricultura Genivaldo Fernandes  e mais com PREFEITO de PRATA Junior Nóbrega e o Deputado Estadual Assis Quintans, dando  total apoio a esse manifesto. Preocupados com essa diminuição da cota, como sempre o prefeito  e o deputado  sempre tem lutado pelos direitos dos agricultores.


E as propostas desse manifesto foram:

1. Que seja cumprida a determinação do próprio regulamento MDS- Diário Oficial da União do dia 29 de novembro de 2013 que trata da produção no máximo de 150( cento e cinqüenta)litros de leite por dia , com prioridade para os que produzem uma média de 50(cinqüenta) litros por dia.

2. Que seja eliminado o limite semestral de R$ 4.000,00 ( quatro mil reais) por produtor beneficiado.

Depois de todas as argumentações sinceras e corretas nesse manifesto na BR 232, foram doados para as pessoas, leites e yogurt de cabras com isso mostrando que quem vai sofrer com essa baixa da cota vai ser toda a população.




























Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.