Aves arribaçã chegam ao Cariri para postura, mas ficam na mira dos caçadores

Milhares de aves arribaçã - Zenaida auriculata noronha, também conhecida como avoante, avoete, arribação e pomba-de-bando, chegaram à região do Cariri paraibano para a postura anual. Elas estão espalhadas por várias cidades da região, tais como Sumé, Amparo, Congo, Monteiro e outras, onde lamentavelmente acabam sendo alvos fáceis dos caçadores locais e de outras regiões. A quantidade de aves chega a assustar, conforme constatou no início da semana, o Cariri Ligado.

Agentes do Ibama chegam a realizar fiscalizações nas áreas com maior índice de aglomeração das aves, porém, devido ao pequeno contingente, realiza poucas apreensões. Os caçadores, por sua vez, fazem a festa.

De acordo com o Ibama, já existe um Plano de Manejo, proposto pelo Centro Nacional de Pesquisa para a Conservação das Aves Silvestres (Cemave) para esta subespécie. O desafio agora é fazer o uso sustentável da arribaçã. O fato é que há exploração desde o momento em que as arribaçãs (avoetes) se instalam em colônias para reprodução (pombeiros). Sempre alguém busca caçar os espécimes, seja para o consumo próprio, seja para alimentar o comércio ilegal, tanto em nível local quanto regional e até interestadual.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.